As relações precisam de fogo, paixão e surpresas

As relações precisam de fogo, paixão e surpresas

A maioria dos casais segue um roteiro parecido quando o assunto é sexo. No começo do relacionamento toda hora é hora, mas o dia a dia atropela o tesão e as reclamações da maioria são muito parecidas: rotina, falta de tempo e perda de intimidade. Pequenas mudanças podem acertar esse descompasso e deixar a vida sexual tão excitante como no começo.

Rotina
A maioria dos casais segue um roteiro parecido quando o assunto é sexo. No começo do relacionamento toda hora é hora, mas o dia a dia atropela o tesão e as reclamações da maioria são muito parecidas: rotina, falta de tempo e perda de intimidade. Pequenas mudanças podem acertar esse descompasso e deixar a vida sexual tão excitante como no começo.

Falta de tempo
Tem gente que trabalha demais, tem filhos demais, rotina demais, estresse demais e tesão de menos. Há casais que têm rotinas diferentes e só conseguem estar juntos aos finais de semana. Mas não dá para esperar todos os dias pela condição ideal. Relacionamento precisa de amor, mas precisa de tesão. E em prol do amor, o tesão precisa ser exercitado. Muitas vezes terá de ser com sono, com cansaço, com o trabalho atrasado, numa segunda de manhã ou numa quarta à noite depois de colocar as crianças para dormir. Lembre-se sempre: pense no sexo como um grande prêmio, como uma fatia de bolo quentinho de chocolate ou um filme na sessão da tarde.

Perda de Intimidade
Uma das maiores queixas nos consultórios de terapeutas de casais é que depois de casados a frequência dos beijos apaixonados despenca. O contato físico diário é um dos segredos da intimidade. Casais que se abraçam, se beijam, andam de mãos dadas garantem uma conexão permanente que se reflete numa vida sexual mais saudável e, consequentemente, mais ativa. Elogie seu/sua parceiro/a, faça com que ele/a se sinta amado/a, desejado/a. É preciso também que cada um diga o que mais gosta, como sente mais prazer. Sexo mais gostoso é muito mais divertido.

Recupere o passado
No começo do relacionamento, vocês saiam para dançar, encontrar os amigos no bar, iam ao cinema, curtiam show de bandas. Invariavelmente voltavam para casa com o tesão explodindo. Hoje, saem para jantar, fazem maratonas de séries em frente à TV e acabam dormindo ali mesmo. Não sobra espaço para sedução. Experimente incluir na programação eventos que faziam parte da agenda e que ficaram esquecidos, qualquer coisa que remeta ao tempo em quem sexo era a prioridade na lista do casal.